Pesquisa

Carregando...

Postagem em destaque

Agora Você pode Ajudar o Blog "Software Livre Brasília-DF"

segunda-feira, 9 de abril de 2012

10 Dicas para o Candidato em uma Entrevista de TI

Embora os salários em alta no setor de TI, recrutadores especializados afirmam que há milhares de vagas abertas na área e poucos profissionais realmente qualificados para os perfis exigidos pelas empresas.

Diante deste cenário, é importante destacar da maneira correta as qualidades profissionais e pessoais durante a entrevista de emprego a fim de aumentar as chances de ser selecionado.

Veja 10 dicas ao candidato de TI

1 - Envie o currículo somente para as vagas com o seu perfil:
Inicie bem o processo seletivo ao candidatar-se apenas para as vagas adequadas ao seu nível de conhecimento nas linguagens e tecnologias que a empresa requer. Muitos entrevistadores usam o contato pessoal apenas para checar se é verdade o que o candidato informou no currículo. “Não basta ler a descrição da vaga e supor que consegue atuar naquela função, é preciso fazer uma reflexão íntima sobre se você está preparado para aquele cargo”.

2 - Tenha sempre um pen drive com o seu currículo e portfólio:
Mantenha os documentos no formato digital para evitar a perda de exemplos de trabalhos realizados ou a citação de cursos recém-concluídos. Se necessário, forneça uma cópia ao recrutador.  “É comum entrevistar candidatos que fizeram um treinamento enquanto esperavam pela entrevista de emprego, especialmente cursos online. Esta última opção é ótima para ampliar o conhecimento em outras tecnologias e podem fazer toda a diferença no momento da seleção”

3 - Fale sobre a qualificação técnica de uma maneira fácil:
Tente resumir as experiências e facilite o entendimento por parte do recrutador. O objetivo é fazer o profissional de RH captar o teor da conversa da melhor maneira possível."O responsável pela entrevista nem sempre tem o mesmo conhecimento técnico que o candidato. O recrutador precisa captar o que há de mais importante na conversa e, se ele não entender o que o entrevistado faz, pode passar um parecer ruim ou distorcido ao gestor do cargo". 

4 - Não minta para tentar ser aprovado:
Se o candidato não possui um requisito exigido, o máximo que ele pode fazer é falar sobre outros conhecimentos. A pessoa pode dizer, por exemplo, que nunca atuou com computação em nuvem, mas citar que trabalha com outras tecnologias e demonstrar conhecimento de outras áreas.
“Jamais faça do seu currículo uma “sopa de letrinhas” a fim de demonstrar amplo conhecimento em várias linguagens e tecnologias até porque nesta área não tem como enrolar ou fingir. Uma apresentação simples e estruturada é melhor do que um documento com três páginas. Os profissionais responsáveis pelas entrevista não têm tempo livre para ler um currículo extenso" .

5 - Exercite outras habilidades:
É recomendável demonstrar, além do conhecimento técnico, algumas qualidades em áreas comportamentais como liderança, empreendedorismo, capacidade analítica e foco no resultado com o objetivo de ser um bom candidato no processo seletivo de TI.

6 - Cuide da aparência, mas não exagere:
A melhor maneira de acertar no visual é perguntar ao recrutador o traje recomendado para a ocasião. “Não precisa usar gravata se a vaga não exigir, ou uma roupa informal demais a ponto de usar bermuda, chinelo e cabelo despenteado. O mais relevante para a área de TI é demonstrar ser um excelente técnico e ter um bom perfil pessoal”.

7 - Comente os projetos da antiga empresa:
É provável que a recrutadora pergunte sobre a participação em trabalhos desenvolvidos nas companhias onde o profissional atuou. Segundo a especialista, estas questões avaliarão o nível de interesse do candidato. “Alguns profissionais evitam participar se os projetos fazem parte de outra área ou outro colaborador lidera o trabalho. Neste momento, o recrutador também verificará o nível de proatividade”.

8 - Faça um planejamento de horário se a vaga é de trabalho remoto:
O home office é comum em TI e permite que o candidato trabalhe para outras empresas, desde que a pessoa entregue o projeto com uma qualidade satisfatória.

9 - Não fale somente sobre dinheiro:
Começar a entrevista e perguntar sobre o salário significa perder pontos. A especialista diz que o mercado de TI está aquecido e por isso alguns profissionais perdem a noção do bom senso. “Há pessoas que iniciam a conversa dizendo que aceitam a vaga somente se a empresa pagar acima de seis mil reais, mas sequer possuem a habilidade exigida. Outros candidatos são rejeitados porque deixaram a impressão de que têm enfoque apenas em ganhar mais dinheiro”. 

10 - Amplie o networking mesmo se não for escolhido:
Ser reprovado em um processo seletivo não evita a participação em novas entrevistas de emprego. Manter contato com a recrutadora para acompanhar a abertura de vagas na área é importante, mas jamais peça para ser amigo no Facebook, Orkut ou MSN.

Por: Matsuura


Nenhum comentário:

Postar um comentário