Pesquisa

Carregando...

Postagem em destaque

Como Instalar o LibreOffice 5.2.3

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Software Educacional

Ontem 09/09/2009, analismos o texto do "Gilberto Lacerda Santos" sobre Software Educativos e falamos sobre alguns pontos, sobre o texto coloquei alguns trechos aqui e comentei logo abaixo espero que possa ajudar a todos.

“No Brasil, esta história é mais recente ainda e tem início na década de sessenta quando foram desenvolvidos os softwares básicos do “Zézinho”, o primeiro computador nacional, concebido no Instituto Tecnológico da Aéronautica, seguido pelos do “Patinho Feio”, na Universidade de São Paulo (Moraes, 1996; 2000). Desde então, inúmeras técnicas e modelos de desenvolvimento do software vêm sendo importadas dos grandes centros produtores de tecnologia informática.”

Talvez por falta de investimentos ou pela política, não tiveram interesse de desenvolver um PC brasileiro que viesse a competir com os vindos de fora, tivemos um microcomputador chamado COBRA que por não conseguir competir com os de fora fecho as portas, sendo na época um micro de boa qualidade e feito com tecnologia brasileira. Enquanto a esses centros, é de suma importância, para que possamos trabalhar com programas voltados para a educação dentro das escolas.

“Simultaneamente aos avanços na área educacional, acontecem grandes avanços na área computacional, tanto no que diz respeito a hardware como a software”.

Esses hardware e software, vem a contribuir com o performance do equipamento assim como no aprendizado do aluno que vira por utilizar este equipamento.

“Até um Software básico (como o Windows ou o DOS ou ainda o Linux pode ser utilizado com finalidades educativas. Entretanto, o software educativo propriamente dito é aquele desenvolvido com a finalidades educativas explícitas, e que demanda procedimentos específicos, relacionados com um conhecimento aprofundado dos processos cognitivos humanos, para subsidiar sua produção, seja ele de natureza lúdica”.

Se utilizarmos os recursos que já vem nele como uma planilha de texto, de calculo, de slides, assim como os comandos do DOS podem ser grandes ferramentas de aprendizado em todos os sentidos,.

“O ponto de partida para o desenvolvimento do software educativo deve ser a compreensão exata da situação de aprendizagem para a qual o produto se destina, da natureza do conteúdo a ser tratado e do público-alvo”.

Não adianta nada nos trabalharmos com um programa que não acrescenta nada ao aluno, utilizar so porque está disponível na escola, devemos sim utilizar esses programas para crescimento dos mesmos sendo que todos venham aprender com a ferramenta apresenta em sala.

“A principal vantagem inerente ao processo de modelagem da cooperação está na obtenção de um recorte funcional rigoroso do software educativo visado”.

Podemos dizer que este modelo permite a tomada de decisão em relação a organização e com relação de processos e de subprocessos que ele fará parte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário