Minha foto
Henderson Matsuura Sanches
Professor nas Faculdade JK de Tecnologia e Faculdade JK Michelangelo no Distrito Federal; Mestre em Engenharia Biomédica pela UnB/FGA (2017); Graduado em Licenciatura em Computação pela Faculdade Fortium (2011); Membro da Comunidade LibreOffice Brasil desde 2013; Membro da TDF – The Document Foundation desde 2014; Coordenador Geral do FLISOL – DF nos anos 2018, 2017 e 2016; Pesquisador no Laboratório de Informática em Saúde (LIS) da UnB/FGA com pesquisas envolvendo Ontologia no Tratamento da Neoplasia Mamária (NM); Membro da Comunidade Soffware Livre de Brasília; Sócio da ASL – Associação Software Livre; Sócio da SBC – Sociedade Brasileira de Computação e Sócio da SBEB – Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica.

Postagem em destaque

São Paulo irá monitorar mais de 4 mil presos por tornozeleiras eletrônicas

Contrato com empresas será assinado na próxima semana e serviço começa em dezembro
 

São Paulo irá monitorar mais de 4 mil presos do estado, por tornozeleiras eletrônicas, até o fim de 2010, segundo a Administração Penitenciária de São Paulo. O contrato com o consórcio SDS, formado por três empresas, será assinado na próxima semana. O serviço vai começar em dezembro.

Serão investidos cerca de 50 milhões de reais, até 2013, nessa tecnologia, que  será gradualmente expandida a outros detentos.

Presos que estiverem sob pena domiciliar e os beneficiados pela saída temporária serão obrigados a usar os equipamentos.

Fonte:http://infogps.uol.com.br/blog/2010/08/20/sao-paulo-ira-monitorar-mais-de-4-mil-presos-por-tornozeleiras-eletronicas/
Arquivado em: Uncategorized
 
Essa é uma iniciativa que temos que parabenizar São Paulo e os demais estados deveriam seguir este para que o estado saiba onde estão essas pessoas que são beneficiadas com o saidão.

Comentários