Minha foto
Professor nas Faculdade JK de Tecnologia e Faculdade JK Michelangelo no Distrito Federal; Mestre em Engenharia Biomédica pela UnB/FGA (2017); Graduado em Licenciatura em Computação pela Faculdade Fortium (2011); Membro da Comunidade LibreOffice Brasil desde 2013; Membro da TDF – The Document Foundation desde 2014; Coordenador Geral do FLISOL – DF nos anos 2018, 2017 e 2016; Pesquisador no Laboratório de Informática em Saúde (LIS) da UnB/FGA com pesquisas envolvendo Ontologia no Tratamento da Neoplasia Mamária (NM); Membro da Comunidade Soffware Livre de Brasília; Sócio da ASL – Associação Software Livre; Sócio da SBC – Sociedade Brasileira de Computação e Sócio da SBEB – Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica.

Postagem em destaque

Como Instalar o Krita 4.0.4

Instale o Kernel 4.1.11 LTS

O Kernel 4.1.10 traz aprimoramentos do sistema de arquivos (Btrfs, o ext4, CIFS, NFS, HFS, HFS +, eCryptfs, e JBD2), arquitetura otimizações (ARM, ARM64, MIPS, PowerPC (PPC), s390, M32R, PA-RISC, UNICORE -32, arquiteturas de hardware x86) e suporte para o novo hardware, entre outros.

Caso queira  conferir o log de mudanças você pode visualizar clicando aqui.

Para instalar o Kernel 4.1.10 Ubuntu, Linux Mint e sistemas derivados 32 bit, siga os passos abaixo:

Faça o download dos pacotes necessários:

$ cd /tmp
$ wget \
kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v4.1.11-unstable/linux-headers-4.1.11-040111_4.1.11-040111.201510221835_all.deb \
kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v4.1.11-unstable/linux-headers-4.1.11-040111-generic_4.1.11-040111.201510221835_i386.deb \
kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v4.1.11-unstable/linux-image-4.1.11-040111-generic_4.1.11-040111.201510221835_i386.deb


Instale o patch de Kernel:

$ sudo dpkg -i linux-headers-4.1*.deb linux-image-4.1*.deb  


Para instalar o Kernel 4.1.10 Ubuntu, Linux Mint e sistemas derivados 64 bit, siga os passos abaixo:

A Canonical não forneceu quaisquer pacotes para a arquitetura amd64, AINDA!

Caso você queira pode baixar o Kernel 4.1.11 do site kernel.org pelo link: https://www.kernel.org/ 

Comentários