Minha foto
Henderson Matsuura Sanches
Professor nas Faculdade JK de Tecnologia e Faculdade JK Michelangelo no Distrito Federal; Mestre em Engenharia Biomédica pela UnB/FGA (2017); Graduado em Licenciatura em Computação pela Faculdade Fortium (2011); Membro da Comunidade LibreOffice Brasil desde 2013; Membro da TDF – The Document Foundation desde 2014; Coordenador Geral do FLISOL – DF nos anos 2018, 2017 e 2016; Pesquisador no Laboratório de Informática em Saúde (LIS) da UnB/FGA com pesquisas envolvendo Ontologia no Tratamento da Neoplasia Mamária (NM); Membro da Comunidade Soffware Livre de Brasília; Sócio da ASL – Associação Software Livre; Sócio da SBC – Sociedade Brasileira de Computação e Sócio da SBEB – Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica.

Postagem em destaque

OpenIndiana 2018.10

Alexander Pyhalov anunciou o lançamento do OpenIndiana 2018.10, um novo instantâneo do sistema operacional de código aberto do projeto construído a partir das cinzas do extinto OpenSolaris da Oracle. Esta versão atualiza a área de trabalho MATE e a maioria dos outros aplicativos para versões mais recentes e fornece várias melhorias para o kernel do Illumos:

"Lançamos um novo instantâneo OpenIndiana 'Hipster' 2018.10. As alterações visíveis: área de trabalho MATE foi atualizada para 1.20; Python 3.5 foi adicionado Muitos módulos Python agora são fornecidos para a versão 3.5 Python, além de 2.7 e 3.4; o IPS (Image Packaging System) recebeu muitas atualizações do OmniOS CE IPS e do Solaris IPS; a marca da zona KVM agora permite que você gerencie seu KVM. VMs como zonas Illumos, vários novos compiladores foram adicionados, incluindo o GCC 8 (com patches necessários para construir o Illumos) e o Rust 1.29, muitos componentes foram migrados para 64 bits e a maioria dos softwares recentemente adicionados foi para 64 bits; segurança correções compatibilidade com alguns aplicativos Solaris está quebrado, o mais importante é o VirtualBox."

Para ler a nota de lançamento clique aqui. Para baixar clique no link:http://dlc.openindiana.org/

Comentários