Minha foto
Henderson Matsuura Sanches
Professor nas Faculdade JK de Tecnologia e Faculdade JK Michelangelo no Distrito Federal; Mestre em Engenharia Biomédica pela UnB/FGA (2017); Graduado em Licenciatura em Computação pela Faculdade Fortium (2011); Membro da Comunidade LibreOffice Brasil desde 2013; Membro da TDF – The Document Foundation desde 2014; Coordenador Geral do FLISOL – DF nos anos 2018, 2017 e 2016; Pesquisador no Laboratório de Informática em Saúde (LIS) da UnB/FGA com pesquisas envolvendo Ontologia no Tratamento da Neoplasia Mamária (NM); Membro da Comunidade Soffware Livre de Brasília; Sócio da ASL – Associação Software Livre; Sócio da SBC – Sociedade Brasileira de Computação e Sócio da SBEB – Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica.

Postagem em destaque

Brasil é vítima de vírus de espionagem a cinco anos


Pesquisadores da Kaspersky Lab identificaram um malware batizado de Red October que existe há cinco anos na internet. O vírus de espionagem permaneceu sem ser detectado desde 2007 e afeta 39 países, inclusive o Brasil, a Rússia, os Estados Unidos e o Irã. O malware foi criado para acessar dados governamentais e científicos e, considerando seu tempo de atuação, estima-se que centenas de terabytes confidenciais tenham sido invadidos.

Segundo o site Ars Technica, os alvos do malware foram computadores individuais, redes da Cisco Systems e smartphones da Apple, Nokia e Samsung. No ataque, o vírus utiliza mais de mil módulos distintos para lançar ataques personalizados em cada uma de suas vítimas.

Segundo o laboratório Kaspersky, o Red October visa alvos desconhecidos no Brasil. Nos Estados Unidos, o vírus afeta embaixadas e organizações diplomáticas. Na Rússia, o October invadiu organizações militares, órgãos de pesquisa nuclear, instituições científicas e também embaixadas. Órgãos diplomáticos também foram afetados na Turquia, na Índia e no Irã. 

Em alguma matérias anteriores ja foi falado de programa espião e do perigo que representa agora mais está para reforça onde nem o melhor antivírus foi capaz de identifica-lo nesses cinco anos, por isso a importância de não instalar programas piratas em sua máquina tendo em vista que o mesmo pode conter algum programa espião para roubar suas informações pessoais.

Volto a repetir não use software pirata, se não tem condições de comprar um na loja utilize software livre que o mesmo irá atender as suas necessidades e você fica livre de programas espiões e mantem seguro as suas informações, e sempre mantenha o antivírus atualizado nunca se sabe quando pode acontecer algo.
 

Comentários