Minha foto
Henderson Matsuura Sanches
Professor nas Faculdade JK de Tecnologia e Faculdade JK Michelangelo no Distrito Federal; Mestre em Engenharia Biomédica pela UnB/FGA (2017); Graduado em Licenciatura em Computação pela Faculdade Fortium (2011); Membro da Comunidade LibreOffice Brasil desde 2013; Membro da TDF – The Document Foundation desde 2014; Coordenador Geral do FLISOL – DF nos anos 2018, 2017 e 2016; Pesquisador no Laboratório de Informática em Saúde (LIS) da UnB/FGA com pesquisas envolvendo Ontologia no Tratamento da Neoplasia Mamária (NM); Membro da Comunidade Soffware Livre de Brasília; Sócio da ASL – Associação Software Livre; Sócio da SBC – Sociedade Brasileira de Computação e Sócio da SBEB – Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica.

Postagem em destaque

Como Instalar o LibreOffice 6.1

Google Passa a Usar Fotos de Usuários em Propagandas; Saiba Desativar

Para quem não sabe desde o dia 12/11 os novos termos de uso do Google já estão em funcionamento. Para quem ainda não sabe o que isso significa e tenha perdido os avisos da empresa, isso significa que o gigante das buscas agora pode usar suas fotos de perfil no Google+ e o conteúdo postado por você em anúncios.

Nome, foto, comentários e até o que a pessoa marcar com +1 poderão ser usados. Só familiares e amigos verão as recomendações, e quem tiver menos de 18 anos não terá informações exploradas.

Entretanto, ainda é possível mudar isso para evitar este tipo de situação. O Google, ao menos, dá a opção para o usuário deixar o programa de “Recomendações Compartilhadas”, como é chamado o recurso.

Para isso, basta acessar fazer login com sua conta no Google e acessar suas configurações para desativar a funcionalidade. Você pode clicar aqui para ir direto para esta página de configurações referentes às recomendações compartilhadas. Em seguida, basta desmarcar Com base em minhas atividades, o Google poderá exibir meu nome e minha foto de perfil em recomendações compartilhadas em anúncios e pressionar Salvar.

Desativar a funcionalidade, no entanto, só o exclui das propagandas, pois seus dados continuam sendo usados em produtos da empresa - como Google Play. De acordo com o Google, internautas serão beneficiados com a exploração da experiência de seus contatos. No buscador, no Maps, no Play, a pessoa economizaria tempo ao saber a opinião dos mais próximos.

"Por exemplo, os amigos do usuário podem ver que, na página de uma banda no Google Play, ele avaliou um álbum com 4 estrelas. E o +1 com que o usuário marcou sua padaria local favorita pode ser incluído em um anúncio que a padaria veicula usando os serviços do Google."


Comentários