Minha foto
Henderson Matsuura Sanches
Professor nas Faculdade JK de Tecnologia e Faculdade JK Michelangelo no Distrito Federal; Mestre em Engenharia Biomédica pela UnB/FGA (2017); Graduado em Licenciatura em Computação pela Faculdade Fortium (2011); Membro da Comunidade LibreOffice Brasil desde 2013; Membro da TDF – The Document Foundation desde 2014; Coordenador Geral do FLISOL – DF nos anos 2018, 2017 e 2016; Pesquisador no Laboratório de Informática em Saúde (LIS) da UnB/FGA com pesquisas envolvendo Ontologia no Tratamento da Neoplasia Mamária (NM); Membro da Comunidade Soffware Livre de Brasília; Sócio da ASL – Associação Software Livre; Sócio da SBC – Sociedade Brasileira de Computação e Sócio da SBEB – Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica.

Postagem em destaque

Emmabuntus 8

O projeto Emmabuntus anunciou o lançamento de uma versão estável da edição Debian da distribuição. A nova versão baseia-se no Debian 8.7 e apresenta o ambiente de trabalho Xfce.

 A nova Edição Debian do Emmabuntus usa o mecanismo de busca Lilo por padrão e inclui suporte para execução em computadores com UEFI habilitado.
"Esta nova versão apoia ainda mais os nossos esforços, graças a estes três eixos de melhoria: a solidariedade, com o motor de busca Lilo, a reutilização, o apoio ao novo padrão UEFI durante a instalação, o encerramento da fractura digital, Os principiantes têm a oportunidade de descobrir um sistema operacional GNU / Linux acessível, neste caso baseado no Debian, com a documentação apropriada. Na verdade, 'The beginner's handbook', publicado por nossos amigos da 3HG Team, estão incluídos nesta distribuição. Imediatamente e por defeito, a Emmabuntüs utiliza o Lilo, o motor de busca alternativo na Web. Esta decisão foi tomada por duas boas razões: as acções tomadas pelo motor para respeitar a privacidade dos utilizadores da web ea possibilidade de redistribuir para diferentes associações a Rendimentos gerados pela publicidade ".

Para ler a nota de lançamento clique aqui

Para baixar o Emmabuntus clique no link abaixo:

Comentários