Pesquisa

Carregando...

Postagem em destaque

Como Instalar o LibreOffice 5.2.3

domingo, 18 de novembro de 2012

Para ter 25 alunos por sala, país terá que criar 16 mil turmas de pré e fundamental

Imagem Retirada da Internet
 
O Brasil vai precisar criar 16.622 turmas de pré-escola e dos dois primeiros anos do ensino fundamental se um projeto recém-aprovado pelo Senado passar pela Câmara e for sancionado pela presidente. É que o texto prevê um limite de 25 alunos por sala nessas séries iniciais da escolarização, justamente as responsáveis pela alfabetização da criança. 
 

A mudança, elogiada pedagogicamente - já que é nessa fase que o atendimento individualizado e a avaliação contínua são mais necessários - , implica uma série de adaptações que demandam investimento financeiro e planejamento rigoroso das redes de ensino, do espaço físico à capacitação de docentes.

Atualmente, a média de alunos matriculados nessas séries em todo o País é de 29 alunos, considerando instituições públicas e privadas. Essa diminuição aos 25 estudantes propostos parece pouco se vista isoladamente, mas teria grande impacto na adequação à lei, principalmente nas grandes cidades.


Comentário: Que existem pesquisas  mostrando que a redução do número de estudantes por turma tem impacto positivo, principalmente nas séries  iniciais, é fato.

A especialista Patrícia Mota Guedes sugere que as redes estaduais e municipais tenham liberdade para atingir os parâmetros internacionais de qualidade. “Uma saída para os grandes municípios é trabalhar na proporção de adultos para crianças. Uma sala com 30 alunos e dois professores é melhor do que uma turma com 20 crianças e só um docente." A informação é do jornal O Estado de S.Paulo.

Todos nós sabemos que o elevado número de alunos por turma impede o acompanhamento e o aprendizado de cada estudante. Com certeza esse projeto será ótimo para o Brasil, se isso de fato acontecesse, pois vemos como é o descaso quando o assunto é educação neste país. Hoje os  alunos não respeitam mais o professor em sala de aula ocorrendo até mesmo casos de espancamento de professores.

Antes de qualquer coisa temos que  valorizar o professor, pois é ele quem transmite o conhecimento. Respeitar o professor e dar melhores condições de trabalho, um bom salário, estimular para que outras pessoas queiram ser professores neste país até porque hoje em dia ninguém quer estar em sala de aula com os inúmeros problemas que temos, pode ser um caminho para a melhora da educação.

Todos nós gostaríamos que a educação deste país mudasse para melhor e este projeto pode contribuir e muito, mas para isso temos que exigir sua implantação caso seja sancionado pela nossa presidente (presidente sim, presidenta não existe, a palavra presidente é comum para os dois sexos, por isso coloca se os artigos "a" ou "o" antes da mesma).


Nenhum comentário:

Postar um comentário