Minha foto
Professor nas Faculdade JK de Tecnologia e Faculdade JK Michelangelo no Distrito Federal; Mestre em Engenharia Biomédica pela UnB/FGA (2017); Graduado em Licenciatura em Computação pela Faculdade Fortium (2011); Membro da Comunidade LibreOffice Brasil desde 2013; Membro da TDF – The Document Foundation desde 2014; Coordenador Geral do FLISOL – DF nos anos 2018, 2017 e 2016; Pesquisador no Laboratório de Informática em Saúde (LIS) da UnB/FGA com pesquisas envolvendo Ontologia no Tratamento da Neoplasia Mamária (NM); Membro da Comunidade Soffware Livre de Brasília; Sócio da ASL – Associação Software Livre; Sócio da SBC – Sociedade Brasileira de Computação e Sócio da SBEB – Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica.

Postagem em destaque

35% Dos PCs Brasileiros Foram Infectados Com Malwares Desde O Início Do Ano

35% Dos PCs Brasileiros Foram Infectados Com Malwares Desde O Início Do Ano
Um estudo sobre a proporção de malwares realizado pelo KarperSky Lab revelou que somente no primeiro semestre de 2013, 35% dos PCs brasileiros foram infectados com algum tipo de malware. Entretanto, o número pode ser bem maior, pois o estudo só englobou os computadores que possuíam alguma dassoluções KarperSky de antivírus instaladas. 

O número total de incidentes foi de 24.445.039, entre ataques bem sucedidos ou não só no Brasil. O malware mais comum é o worm.win32.Debris.a, que atacou 15% das máquinas analisadas. Esse vírus é propagado por meio de sites  e dispositivos USB, tornando o computador consideravelmente mais lento - além de poder esconder pastas e arquivos e servir de entrada para outras ameaças.

Entre os dez malwares mais comuns na casa dos brasileiros, quatro foram identificados como adwares (aquelas ameaças que são acionadas durante o uso do instalador de alguns programas). O mais detectado, igualmente com o Debris.a, foi o Adware.Win32.MegaSearch.am, de origem desconhecida. Malwares como ele são responsáveis por trocar o navegador padrão, acionar barra de tarefas a eles e programas indesejados no Windows. 

Segundo o time da KarperSky Lab, essas ameaças são potencialmente perigosas, pois não roubam dinheiro, porém danificam o desempenho do computador e podem inserir propagandas em diversos pontos. Outro malware bastante presente nas máquinas é o Net-Worm.Win32.Kido.ih, de 2009, que é responsável por afetar 10% dos computadores nacionais. Apesar de ser considerada uma ameaça antiga, ele é bastante presente e consegue burlar algumas brechas dos PCs menos protegidos.

Como você conseguiu observar no texto acima, todos esses malwares são destinados ao Windows. Inclusive máquinas protegidas com antivírus não estão livres destas pragas. Como o Windows ainda é o sistema operacional mais usado no mundo, muitas pessoas correm riscos tremendos todos os dias por insistirem em usar esse sistema operacional extremamente inseguro. 

E você até quando vai viver essa vida? Até quando vai ficar gastando dinheiro com técnicos e softwares antivírus para tentar manter o seu computador em perfeito funcionamento? Mude de vida agora mesmo, faça o download de uma das milhares de distribuições Linux disponíveis no mundo e se livre de uma vez por todas dessas pragas. 

Escrito por : Family Wolf do SempreUpdate

Comentários