Minha foto
Henderson Matsuura Sanches
Professor nas Faculdade JK de Tecnologia e Faculdade JK Michelangelo no Distrito Federal; Mestre em Engenharia Biomédica pela UnB/FGA (2017); Graduado em Licenciatura em Computação pela Faculdade Fortium (2011); Membro da Comunidade LibreOffice Brasil desde 2013; Membro da TDF – The Document Foundation desde 2014; Coordenador Geral do FLISOL – DF nos anos 2018, 2017 e 2016; Pesquisador no Laboratório de Informática em Saúde (LIS) da UnB/FGA com pesquisas envolvendo Ontologia no Tratamento da Neoplasia Mamária (NM); Membro da Comunidade Soffware Livre de Brasília; Sócio da ASL – Associação Software Livre; Sócio da SBC – Sociedade Brasileira de Computação e Sócio da SBEB – Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica.

Postagem em destaque

Como Instalar RedNotebook 1.9.0 no Linux Mint, Ubunto e Derivados

O RedNotebook é um app revista, com o apoio do calendário. Entre outros, ele permite que os usuários adicionem TAGGS, utilize caracters negrito e itálico, tem suporte para imagens, recursos de verificação de soletrar, salvamento automático e funções de backup, e muitos outros. 

A última versão disponível é RedNotebook 1.9, que foi lançado recentemente, vindo com algumas mudanças abaixo, para ver todas as mudanças clique aqui:

  • Adicionar #tags a nuvem lista de ignorados para retirá-los da nuvem de tags;
  •  Remover opção para iniciar RedNotebook minimizada;
  • Não remova barra de menu em modo de tela cheia;
  • Permitir que sair do modo de tela cheia com a tecla ESC;
  • Só permitir sinais de comentário (#) no início de uma linha no arquivo de configuração;
  •  Corrigir a leitura de arquivos de configuração.

Para instalar o no Ubuntu, Linux Mint, Pinguy OS 14.04, LXLE 14.04, Linux Lite 2.0, Deepin 2014, Peppermint Cinco , Elementary OS e derivados execute:

$ sudo add-apt-repository ppa:rednotebook/stable
$ sudo apt-get update
$ sudo apt-get install rednoteboo
k


Para remover execute:

 $ sudo apt-get remove rednotebook

Comentários

  1. He podido instalarlo sin problemas en LMDE. Parece que viene en los repositorios. Aún así lo he actualizado con el código fuente.

    Muy buen descubrimiento, no lo conocía. Gracias por compartirlo. Saludos.

    PD: mis disculpas si escribo en español, no conozco portugués, y me parece una falta de respeto usar el Google Translate. Si al menos funcionara bien... xD

    ResponderExcluir

Postar um comentário