Minha foto
Henderson Matsuura Sanches
Professor nas Faculdade JK de Tecnologia e Faculdade JK Michelangelo no Distrito Federal; Mestre em Engenharia Biomédica pela UnB/FGA (2017); Graduado em Licenciatura em Computação pela Faculdade Fortium (2011); Membro da Comunidade LibreOffice Brasil desde 2013; Membro da TDF – The Document Foundation desde 2014; Coordenador Geral do FLISOL – DF nos anos 2018, 2017 e 2016; Pesquisador no Laboratório de Informática em Saúde (LIS) da UnB/FGA com pesquisas envolvendo Ontologia no Tratamento da Neoplasia Mamária (NM); Membro da Comunidade Soffware Livre de Brasília; Sócio da ASL – Associação Software Livre; Sócio da SBC – Sociedade Brasileira de Computação e Sócio da SBEB – Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica.

Postagem em destaque

Trident 19.04

O Project Trident, um sistema operacional de desktop baseado no TrueOS (derivado da árvore de desenvolvimento do FreeBSD), foi atualizado para a versão 19.04. Esta versão continua a usar as tecnologias da ramificação FreeBSD 13.0-CURRENT e vem com o ambiente de desktop Lumina atualizado, versão 1.5.0:

"Projeto Trident versão 19.04 (baseado no TrueOS 19.04) já está disponível. Mudanças importantes entre 18.12-U8 e 19.04: Versão do sistema operacional movida para a tag estável mais recente dos pacotes TrueOS - v20190412; construídos a partir da árvore de portes a partir de 22 de abril de 2019 - esperamos um retorno rápido com uma atualização U1 para nos trazer de volta a versão mais recente da árvore de portes ; o ambiente de área de trabalho Lumina foi atualizado para a versão 1.5.0; as bibliotecas Qt 4 e todos os utilitários baseados em Qt 4 foram removidos da árvore de ports do FreeBSD; o rEFInd foi incorporado à imagem ISO de instalação do Project Trident por padrão; instalações via UEFI irá instalar tanto o rEFInd quanto o gerenciador de boot do FreeBSD para suportar mais facilmente situações de inicialização múltipla."

Para ler a nota de lançamento clique aqui. Para baixar clique no link:https://project-trident.org/download/

Comentários