Minha foto
Henderson Matsuura Sanches
Professor nas Faculdade JK de Tecnologia e Faculdade JK Michelangelo no Distrito Federal; Mestre em Engenharia Biomédica pela UnB/FGA (2017); Graduado em Licenciatura em Computação pela Faculdade Fortium (2011); Membro da Comunidade LibreOffice Brasil desde 2013; Membro da TDF – The Document Foundation desde 2014; Coordenador Geral do FLISOL – DF nos anos 2018, 2017 e 2016; Pesquisador no Laboratório de Informática em Saúde (LIS) da UnB/FGA com pesquisas envolvendo Ontologia no Tratamento da Neoplasia Mamária (NM); Membro da Comunidade Soffware Livre de Brasília; Sócio da ASL – Associação Software Livre; Sócio da SBC – Sociedade Brasileira de Computação e Sócio da SBEB – Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica.

Postagem em destaque

Fedora 33

O projeto Fedora anunciou o lançamento do Fedora 33. A última versão do projeto vem com o Btrfs como sistema de arquivos padrão (na edição Workstation) e roda GNOME 3.38. Cada edição agora permite que o serviço EarlyOOM libere memória quando processos pesados ​​consomem muita RAM e espaço de troca. O projeto também tornou o nano o editor de texto de linha de comando padrão, substituindo o vi.

"Não importa qual variante do Fedora você usa, você está obtendo o que há de mais recente no mundo do código aberto. Seguindo nossa base 'Primeiro', atualizamos os principais pacotes de linguagem de programação e biblioteca do sistema, incluindo Python 3.9, Ruby on Rails 6.0 e Perl 5.32. No Fedora KDE, seguimos o trabalho na estação de trabalho Fedora 32 e habilitamos o serviço EarlyOOM por padrão para melhorar a experiência do usuário em situações de pouca memória. Para tornar a experiência padrão do Fedora melhor, definimos nano como o editor padrão. nano é um editor amigável para novos usuários. Aqueles de vocês que desejam o poder de editores como o vi podem, é claro, definir seu próprio padrão."

Para ler a nota de lançamento clique aqui. Para baixar clique no link:https://getfedora.org/

Comentários