Minha foto
Henderson Matsuura Sanches
Professor nas Faculdade JK de Tecnologia e Faculdade JK Michelangelo no Distrito Federal; Mestre em Engenharia Biomédica pela UnB/FGA (2017); Graduado em Licenciatura em Computação pela Faculdade Fortium (2011); Membro da Comunidade LibreOffice Brasil desde 2013; Membro da TDF – The Document Foundation desde 2014; Coordenador Geral do FLISOL – DF nos anos 2018, 2017 e 2016; Pesquisador no Laboratório de Informática em Saúde (LIS) da UnB/FGA com pesquisas envolvendo Ontologia no Tratamento da Neoplasia Mamária (NM); Membro da Comunidade Soffware Livre de Brasília; Sócio da ASL – Associação Software Livre; Sócio da SBC – Sociedade Brasileira de Computação e Sócio da SBEB – Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica.

Postagem em destaque

Slax 11.2.0

Tomáš Matějíček lançou uma nova versão do Slax, uma distribuição que começou em 2003 como um live CD minimalista baseado no Slackware Linux, mas evoluiu para um live CD minimalista baseado no Debian. A nova versão continua a usar o gerenciador de janelas Fluxbox e está disponível para sistemas de 64 bits e 32 bits. O aplicativo ConnMann agora é o gerenciador de conexões de rede preferido.

"Mais de dois anos desde a atualização anterior, estou feliz em anunciar a disponibilidade imediata da versão final do Slax 11.2.0. Esta versão apresenta suporte EFI para inicialização USB e uma atualização completa de todos os pacotes para as versões disponíveis no Debian 'Bullseye' . Além disso, ele fornece suporte completo ao Aufs, para que você possa continuar trabalhando com módulos adicionais como nas versões anteriores do Slax, adicionar e/ou remover módulos em tempo real. O núcleo do Slax permanece o mesmo de sempre. A conexão de rede agora pode ser gerenciada usando o ConnMan . Mais importante ainda, o Chrome não faz mais parte do Slax, mas você ainda pode instalá-lo com um ou dois cliques, assim como o player de vídeo VLC."

Para ler a nota de lançamento clique em Changelog ou aqui. Para baixa clique no link:https://www.slax.org/ 

Comentários