Minha foto
Henderson Matsuura Sanches
Pós-graduação - Especialização em Gestão dos Indicadores de Qualidade do Ensino Superior pela Faculdade JK/Michelangelo (2020); Mestre em Engenharia Biomédica pela UnB/FGA (2017); Graduado em Licenciatura em Computação pela Faculdade Fortium (2011); Membro da Comunidade LibreOffice Brasil desde 2013; Membro da The Document Foundation (TDF) desde 2014; Coordenador Geral do Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre (FLISOL – DF) nos anos 2022, 2020, 2018, 2017 e 2016; Membro da Comunidade Soffware Livre de Brasília; Sócio da Sociedade Brasileira de Computação (SBC) e Sócio da Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica (SBEB).

Postagem em destaque

Kaisen Linux 2.0

Kaisen Linux é uma distribuição de desktop baseada em Debian com lançamento contínuo. o projeto publicou Kaisen Linux 2.0 que move a base para o branch de teste do Debian (Bookworm). O projeto também abandonou a interface LXDE para LXQt. 

"Kaisen agora é baseado no Debian Bookworm (Debian 12), também justificando a mudança do número da versão. Entre as coisas mais importantes feitas nesta nova versão, uma reformulação completa do menu com ícones novos, mais bonitos e mais modernos, simplificação do menu e remoção de cerca de 15 iniciadores entre os comandos básicos (como mount e umount, por exemplo), nova implementação de ferramentas de instantâneo Btrfs, novas ferramentas dedicadas a engenheiros de nuvem! Muitos novos pacotes foram empacotados para a distribuição para isso, software como o Terraform , Trivy, Kubernetes, k6, k9s ... LXDE foi substituído por LXQt porque é mais moderno e mais compatível com configurações Kaisen como Conky (que agora é exclusivo para todas as interfaces). LXDE ainda é instalável, mas não será mais ser fornecido por padrão por meio de um ISO ou instalado por meio do ISO net-install. O metapacote kaisen-lxde não será mais instalável e será removido dos repositórios quando o Kaisen Linux for atualizado para 3.0. t 1,5 anos para os usuários migrarem para outra interface."

Para ler a nota de lançamento clique aqui. Para baixar clique no link:https://kaisenlinux.org/downloads 

Comentários